Tema

ABORDAGENS CONTEMPORÂNEAS DA CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO: TECNOLOGIAS SOCIAIS, INOVAÇÃO E CULTURA

Visando enfatizar a necessidade de mudanças de paradigmas sociais frente à contextualização da desinformação sofrida e recorrente na sociedade atual, estudantes, profissionais e pesquisadores vêm buscando novas formas de reverter essa situação e muitas vezes por desconhecerem a nomenclatura ou pela simplicidade, porém valorosas, de suas ideias e serviços não os legitimam como uma tecnologia social. Entendem-se as tecnologias sociais como um grande e importante instrumento de política pública, mas é necessário que as ideias e iniciativas nesse contexto sejam aproveitadas em larga escala pela comunidade ao qual ela foi proposta, caso contrário, não se enquadraria a sua finalidade, que é a de ser um avanço/tecnologia/empreendimento sustentável desenvolvido para o benefício da comunidade. Tendo em vista também as grandes mudanças que ocorrem principalmente na área de tecnologia, percebe-se que a Ciência da Informação precisa inovar, como vem fazendo, para obter lugar de destaque no mercado, onde cada vez mais os profissionais são empreendedores, necessitando assim, estarem atualizados e na constante busca do conhecimento para que possam ser vistos no mercado competitivo, sem deixar de lado o cultural, o humano. Desse modo, busca-se despertar no Erebd-Fortaleza a importância do profissional da informação enquanto agente de transformação social das realidades locais. A importância da inovação em todos os aspectos do conhecimento e da valorização e aproveitamento da cultura local nas unidades de informação.

 

Os demais eixos temáticos subsidiaram as necessidades informacionais que achamos pertinentes serem discutidas neste encontro.